Manter um relacionamento saudável com seu animal de estimação nem sempre é uma tarefa fácil. O que pode parecer simples a ponto de possíveis negligências e desleixos do dono pode se transformar em um pesadelo em seu lar doce lar. Por isso, resolvi trazer para esse espaço um pouco da minha experiência e contato com animais aos 26 anos. Hoje tenho dois lindos gerbis (esquilos da mongólia), um filhote de York Shire Terrier e passarinhos criados soltos.

 
 

 

 

Viver mais próximo da natureza não tem preço. Por essa razão pese muito, muito mesmo, antes de adquirir seu bichinho. Para minimizar o conflito dos indecisos e inexperiente aí vão alguns conselhos na hora de comprar filhote de cachorro:

 

 

 

 

IMPORTANTE: Nada mais certo de que o cão é o melhor amigo do homem. Então, se estiver procurando companhia, proteção, carinho e muito reconhecimento de amizade, tenho certeza que fez a escolha certa!

1) Antes de tudo, pense: A primeira de todas – Você quer mesmo ter um animal? Onde você vive? Sua casa ou apartamento tem espaço? De que tipo de animal gosta? Você tem tempo para se dedicar a ele?

2) Depois que a maioria das perguntas tiverem respostas afirmativas, saia em busca de uma investigação minuciosa a respeito de que tipo de personalidade de cachorro cobina com você. Sim, porque até em uma mesma raça existe diferenças. Então, a internet e o telefone serão seus grandes aliados. Se delicie com fotos em sites de busca, procure detalhes, se mostre interessado, pois é importante você saber com quem vai conviver!

3) Escolhida a raça, procure em sites de relacionamentos pessoas que tenham o mesmo tipo de animal; existem muitas comunidades com raças específicas desses cães. Então, tire suas dúvidas, conheça mais o seu futuro hóspede. Faça pesquisa em sites de busca, você encontrará informações que nem imagina. E, acredite, se seu instinto é cuidar dele, você ficará cada vez mais apaixonado e ansioso.

3) Mas cuidado com a ansiedade! Antes de tudo, mantenha a calma na hora de selecionar seu filhote canino. Preço, gestação, pedigree, condições de saúde, transporte, idade. Todos esses fatores pesam muito na hora de adquirir seu melhor amigo.

4) Não pense que é algo muito difícil. (Acreditem se quiser, mas levei dois dias para alcançar todas as etapas e estou muito orgulhosa da minha aquisição). Agora é hora de ligar muito! Pegue telefones de cans na sua cidade. Pergunte todos aqueleas fatores. Vá formando uma lista dos possíveis vendedores. Depois ligue para pessoas que conheçam que estão vendendo esses animais, compare, cheque, revise, verifique. Afinal é uma vida que você vai ter e isso é imensurável.

5) Não é porque a vida não é valoravel que você deve comprar por preços exorbitantes. Esse comércio não tem tabela nem monopólio. Existem faixas de preços. Mas o mais barato pode sair mais caro! Fique de olho!

6) Se vai comprar filhote, verifique se ele realmente não está mamando; se foi vermifugado (tomou remédio para vermes) e se já tem pelo menos a primeira dose da vacina óctupla ou dectúpla, contra leishmaniose (calazar), dentre outras doenças que podem ser fatais para o bichinho.

7) Depois de selecionar possíveis compradores, faça visitas. Tire tempo para conhecer os pais dos filhotes, olhe como os filhotes são tratados, a higiene do local e faça perguntas. Quantas necessárias forem!
8) Evite cães que fiquem pesem menos de 1 kg quando adulto, pois são muito frágeis, muitas vezes não conseguem ter filhotes (quando fêmea). Para saber o peso ideal para ele, multiplique por dois o peso dele com 10 semanas de vida, o peso final deve variar 200 gramas acima ou abaixo do valor estimado inicialmente.

9) Não se esqueça jamais de que está comprando um membro para sua casa, ou seja, ele deverá permanecer por, no mínimo, 10 anos com você. Consciente disso tudo, agora é hora de comprar! Fique atento ao seu cão, cuidados na alimentação e saúde. Acompanhe a tabela de vacinação!!!

10) Agora fiquem com Deus. Boa sorte na nova jornada! E caduquem muito com seus novos filhotes: vocês merecem!

Para Entender Melhor: O que é Pedigree?

É a certidão de nascimento de um cachorro com certificado de pureza racial. É um documento onde é registrado nome do filhote, data de nascimento, raça, a cor, o sexo, bem como o nome de seus pais, avós e bisavós.

Comentários

  1. afonso merdilson disse:

    quero que me mandem um cachoro por favor em angola (luanda)